Acesso exclusivo para sindicalizados
Não lembra ou não possui senha?
 

Notícias

Diretoria da ADPEB atua em Brasília contra PEC 287 e orienta seus sindicalizados em relação à mobilização da próxima sexta-feira

Publicado em: 26-04-2017
O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia – ADPEB/Sindicato continua participando ativamente das discussões sobre a PEC 287. Na última terça-feira, dia 25, o presidente da ADPEB Fabio Lordello juntamente com o presidente da Adepol do Brasil, Carlos Eduardo Benito Jorge foram recebidos pelo deputado Artur Maia, que preside a Comissão Especial, o deputado Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, além de outras lideranças do Congresso Nacional.

"Nosso trabalho consiste exatamente em travar os diálogos necessários com as pessoas certas em defesa da aposentadoria policial e demonstrar os prejuízos que sofreremos, em que pese o avanço em alguns pontos como a paridade e integralidade que, caso aprovadas, estarão inseridas no texto constitucional. Independente do teor do texto do relatório aprovado pela comissão, nós continuaremos lutando pela aprovação da emenda nº 77, por questão de articulação futura em plenário”, afirma Fabio Lordello.

O presidente ainda explicou que as entidades continuam defendendo a inserção no texto de uma regra de transição que minimize os efeitos da idade limite de 55 anos, estabelecida para toda a polícia judiciária, no novo texto do relatório, assim como a diminuição desta idade para as mulheres policiais e a mudança do percentual da pensão por morte de 50% para a integralidade.

Em razão do quanto tem sido realizado pela ADPEB e as entidades nacionais, o presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia sinaliza que continuará em Brasília ainda hoje, visando não se descuidar das articulações necessárias para a aprovação das emendas apresentadas. Refletindo sobre o movimento grevista da próxima sexta feira, dia 28, Fabio Lordello informa, "respeitamos e entendemos a necessidade de todos os demais grupos de trabalhadores em enfileirar esta movimentação, mas orientamos nossos filiados a não adesão neste momento. Precisamos respeitar a decisão do STF que nos proíbe participar de movimento paredista, o que não impede o nosso apoio enquanto cidadãos”.

A ADPEB lembra que em razão da participação na paralisação do último dia 03 de dezembro alguns filiados tiveram descontos realizados em suas remunerações, de modo que buscando evitar eventuais perseguições por parte da administração e seguindo a linha de decisão das demais carreiras jurídicas a entidade não participará, por oportuno, dessa mobilização.

Fonte: Ascom ADPEB
Listar todas as notícias

Não Sindicalizado

Filie-se

Contra Cheque

Consulte Contra Cheque

Rua Direita da Piedade, 11 - Centro.
Salvador/Bahia. CEP: 40070-190.

Sede: (71) 3329-2684 / 3329-3142
Sede Armando Campos de Oliveira: (71) 3043-1102

comunicacao@adpeb.com.br

fale conosco